O que é HIPERCOLESTEROLEMIA, o famoso colesterol alto? 

A Science Valley responde nessa publicação o que é hipercolesterolemia, o famoso colesterol alto, e quais são seus riscos.

08 DE AGOSTO FOI O DIA NACIONAL DE COMBATE AO COLESTEROL. A HIPERCOLESTEROLEMIA FAZ PARTE DO GRUPO DAS DOENÇAS QUE MAIS MATAM NO BRASIL. 

VOCÊ SABE O QUE É HIPERCOLESTEROLEMIA?

Comumente conhecido como colesterol alto, a hipercolesterolemia é o aumento dos níveis de colesterol no sangue. 

Silenciosa e assintomática, a doença pode ser desencadeada por outros elementos como: hipotireoidismo, uso de medicações, fatores ambientais, genéticos, alimentares e até mesmo relacionados ao sedentarismo. 

Sem acompanhamento médico periódico, quando as pessoas percebem que estão com hipercolesterolemia, o caso geralmente já está se tornando grave. A doença costuma ser assintomática por anos, até que o colesterol LDL (do inglês Low Density Lipoprotein) provoca o acúmulo de placas de gordura nos vaso, s do corpo, podendo desencadear em: dores nas pernas, AVC, perda de sensibilidade nos pés, ataque cardíaco e até mesmo infarto fulminante.  

O LDL é conhecido como “colesterol ruim”. 

TODO COLESTEROL É RUIM?

Não. Existe o “colesterol bom”, conhecido como HDL (do inglês High Density Lipoprotein). É uma espécie de protetor dos vasos sanguíneos, já que uma de suas funções é remover as placas de gordura de dentro dos vasos sanguíneos. Ou seja, quanto maior seus níveis, melhor é. 

A Science Valley conduz uma Pesquisa Clínica sobre o tema. Se você tem hipercolesterolemia (colesterol alto), seja um voluntário.

COMO PREVENIR O COLESTEROL ALTO 

Como a HIPERCOLESTEROLEMIA pode estar relacionada a hereditariedade, deve-se ter muita atenção com o caso, já que todos os seus bons hábitos de saúde e alimentares podem não ser suficientes por conta dos fatores genéticos. O ideal é que havendo casos de hipercolesterolemia registrados na família, haja acompanhamento médico. Além desse cuidado preventivo, manter uma alimentação saudável e a praticar atividades físicas colaboram para que o colesterol se mantenha em níveis benéficos para o organismo. 

O diagnóstico pode ser feito por meio de um exame de sangue. Consulte um especialista se desconfia que possui a doença. 

INCIDÊNCIA DA DOENÇA NO BRASIL

A SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia) registrou que em 2021, 14 milhões de brasileiros tinham alguma doença relacionada ao coração. Ou seja, as doenças cardiovasculares fazem parte do grupo das enfermidades que mais matam no Brasil, sendo consideradas as principais causadoras de infartos e AVC. Cerca de 400 mil pessoas morrem por ano (são mais de 1 mil mortes por dia em decorrência de uma doença cardiovascular). O número correspondeu a 30% de todas as mortes do país em 2021.

Fonte: https://old.scielo.br/pdf/abc/v117n4/0066-782X-abc-117-04-0782.pdf  – Diretriz Brasileira de Hipercolesterolemia Familiar – 2021 

Medicina S/A 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

10 − 9 =

Quer patrocinar um novo estudo clínico ou solicitar uma reunião com nossa equipe? Clique aqui e cadastre-se!!

X
×